Conduta cristã: como se portar em um ambiente não cristão?

3 minutos para ler

O cristão genuíno é nascido de novo — e sabe que isso implica uma nova forma de viver e se posicionar. Nada mais natural, já que tudo que ele faz tem como objetivo refletir a glória de Deus.

Isso pode até soar simples ou fácil (e até pode ser em um contexto comum em que exista um pensamento similar em muitos aspectos). A dificuldade de muitos é saber como se portar em ambiente com pessoas não crentes.

Para entender um pouco melhor como agir neste contexto de forma consistente e ainda assim preservar a sua conduta cristã, então está no lugar certo! Leia este artigo e entenda mais sobre o tema.

Não se envergonhe do Evangelho

O apóstolo Paulo escreveu para os Romanos: “Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego” (Rm 1:16). Essa é uma ótima inspiração quando o assunto é a conduta cristã, tendo em vista que Paulo também escrevia sobre como a igreja devia se portar em um contexto com muitos não cristãos.

O segredo, nesse caso, é não ter vergonha do Evangelho. Isso implica se posicionar como um verdadeiro seguidor de Cristo nas mais diversas situações e lugares. Quando temos em mente que o Evangelho representa o poder de Deus para salvar toda a humanidade, fica ainda mais fácil não sentir nenhum tipo de constrangimento.

Dê um bom testemunho

Dar um testemunho coerente e que revele a atuação do Espírito de Deus é uma das melhores maneiras de refletir uma boa conduta cristã. Entre os frutos do Espírito citados em Gálatas 5, podemos destacar a paz, amor, bondade, paciência e a longanimidade como ótimas formas de expressar o nosso novo nascimento.

O cristão também deve estar atento e fugir da aparência do mal. Isso significa ter a sabedoria de que, mesmo que não faça nada de errado, pode ser mal interpretado. Para que isso não aconteça, o melhor é fugir de qualquer possibilidade de ser malvisto.

Para fechar, não poderíamos deixar de destacar o fato de não se deixar levar pelas ações dos outros. Quem quer ter uma conduta cristã exemplar deve estar firmado em princípios e verdades que não permitam que sejam influenciados por quem está ao seu redor.

Seja moderado em todas as suas atitudes

Outro aspecto relevante de um cristão preocupado com a conduta é a moderação. As atitudes devem ser feitas evitando grandes extremismos, como julgamentos desnecessários e tendo um perfil misericordioso.

Essa não é uma tarefa fácil, mas podemos nos espelhar em Jesus que também foi uma pessoa ponderada e equilibrada — e em realidades de completa adversidade. O nosso desafio diário é seguir o seu exemplo!

Depois de ler este artigo e entender um pouco melhor como a sua conduta cristã pode exalar o bom perfume de Cristo entre os não convertidos, não perca a oportunidade de se posicionar como um verdadeiro cristão. Siga o exemplo de Jesus em todos os momentos e conte com o auxílio do Espírito Santo nessa tarefa.

Se você gostou das nossas dicas e quer continuar acompanhando outros materiais, então não perca tempo e assine a nossa newsletter. Nos encontramos por lá!

Posts relacionados

Um comentário em “Conduta cristã: como se portar em um ambiente não cristão?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.