Conheça a história da Igreja do Nazareno, no Brasil e no mundo

6 minutos para ler

A Igreja do Nazareno é uma denominação protestante que surgiu nos EUA no final do século 19, mas logo se difundiu para diversos países do mundo, inclusive o Brasil. A sua existência é um resultado de várias fusões que aconteceram na América desde 1895.

Anos mais tarde, algumas frentes avivalistas se fundiram com outras organizações e formaram a Igreja Pentecostal do Nazareno, nome que foi mudado em 1919 com a retirada do termo pentecostal.

Se você ficou curioso e quer conhecer um pouco mais dessa história inspiradora e que se fortalece no decorrer dos anos, leia este artigo até o final e fique por dentro do tema. Vamos lá?

Como a Igreja do Nazareno se formou?

A escolha do nome da Igreja do Nazareno nasceu com uma forte relação com o próprio Jesus. Para quem não sabe, ele também era conhecido assim em sua passagem pela Terra, tendo em vista que sua família foi morar na cidade de Nazaré quando ele ainda era pequeno. Esse momento é destacado no trecho bíblico de Mateus 2:23: “E foi morar numa cidade chamada Nazaré, para se cumprir o que foi dito por meio dos profetas: “Ele será chamado Nazareno.”

A sede da igreja fica localizada nos EUA, mais precisamente na cidade de Lenexa, no estado de Kansas. A organização ainda conta com a Nazarene Publishing House (uma casa de publicação de livros e outros materiais) e Nazarene Theological Seminary (Seminário Teológico), sendo que os dois ficam em Kansas City, Missouri.

A igreja já conta hoje com mais de 2 milhões de membros e mais de 23 mil igrejas espalhadas por todo o mundo. No caso do Brasil, a organização chegou por aqui em 1958, na cidade de Campinas (SP). Esta foi a responsável por irradiar a proposta para todo o país e ganhou muita relevância nos últimos anos. Em 2018, a igreja tinha mais de 8 mil membros. Vale destacar que os membros funcionam como um corpo de voluntários que leva o Evangelho às pessoas necessitadas e inclusivas.

Quais são suas ideias e funcionamento?

A forma de atuação da igreja tem muita similaridade com a organização dos metodistas —com a diferença de que as congregações locais têm mais autonomia nesse caso. Ainda assim, a igreja segue a linha do metodismo arminiano com ênfase para a graça de Deus, assim como os princípios do Wesleyanismo que também defendem o mesmo aspecto.

Nos momentos de celebração nos cultos, existe muita ênfase para um estilo de vida com simplicidade e evangelismo revivalista. Nada mais natural, já que a maioria das igrejas nasceram dessa forma e, nesse caso, a realidade não é diferente.

Isso porque as organizações mais antigas ficam facilmente satisfeitas com a sua rotina e prática — e logo começa a falhar na tarefa de manter o fogo de Deus vivo. Essa lógica já funcionou e atingiu diversas igrejas, sendo a prova viva que várias delas caíram no mesmo erro.

A Igreja do Nazareno acredita que sua missão é única e tem como objetivo promover a santificação de todos os seus membros, ou seja, ela incentiva uma busca por uma vida sem pecado. Essa é uma forma de atuação muito relacionado aos princípios bíblicos, já que sem santidade, ninguém verá ao Senhor (Hb 12:14). Justamente por isso, aqueles que procuram andar com Deus, devem procurar e adotar práticas nesse sentido em seu estilo de vida.

Qual é sua doutrina?

Outro diferencial da Igreja do Nazareno é o fato de ela consentir com os credos ecumênicos. Ela aceita os credos provenientes dos cinco primeiros séculos cristãos como expressões da sua própria fé, um aspecto que torna sua crença mais abrangente. Nesse tempo de existência, ela tem tido o cuidado de reter e fomentar identificação com a igreja histórica.

No que tange à política institucional, a organização é um corpo que conta com a mescla de duas formas de administração: episcopal e congregacional. A forma de Governo é denominada de Representativa. A ideia foi absorver as melhores qualidades das duas maneiras em um plano funcional, excluindo assim as principais falhas e incorporando as qualidades.

A missão da Igreja do Nazareno envolve exaltar o Salvador que pode salvar de todo pecado, purificar o coração e guardar o convertido livre do pecado enquanto passa por sua jornada de peregrinação na Terra. Tudo isso estimulando os membros a não amarem o mundo, mas sim voltando seus olhos para a Cruz e para a volta de Jesus.

Além disso, os Nazarenos acreditam em:

  • Existência de um eterno e auto-existente Deus que se manifesta por meio da Santíssima Trindade;
  • A divindade de Jesus Cristo e do Espírito Santo;
  • A Bíblia como autoridade;
  • A existência do pecado original e pessoal;
  • Obras de expiação para remoção dos pecados;
  • A necessidade individual de arrependimento;
  • A graça de Deus;
  • Justificação pelo Espírito;
  • Regeneração e adoção do Evangelho;
  • Batismo como revelação de fé;
  • Celebração da Ceia do Senhor;
  • Segunda vinda de Jesus Cristo;
  • Ressurreição dos mortos.

Como ela funciona nos dias de hoje?

Como adiantamos, a Igreja do Nazareno conta com um grande corpo de fiéis espalhado por todo o mundo. Até os dias de hoje, a igreja opera várias faculdades, escolas e hospitais missionários em vários países.

O chamado da organização é pregar e difundir entre as pessoas uma doutrina focada na regeneração das pessoas e sua posterior santificação. Esse discurso é cada vez mais relevante, tendo em vista que uma vida aos pés de Jesus leva o crente a um crescimento na Graça e na santificação e não somente em pessoas que ficam estagnadas na fé. Enquanto igreja, devemos ser chamados e separados do mundo.

Depois de ler este artigo e entender um pouco melhor a história da Igreja do Nazareno, aproveite para visitar uma de nossas igrejas. Assim fica mais fácil vivenciar o que acreditamos e entender como nos organizamos como Igreja de Deus nessa Terra. Encontre uma igreja perto de você através do site www.nazarene.org

Outra forma de se aprofundar um pouco mais no conteúdo é por meio do nosso livro “Bem-vindo à Igreja do Nazareno. Essa é uma das melhores formas de conhecer ainda mais sobre a igreja de forma profunda e consistente!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.